Colunista Bruno Pavan Destaque

A RESSACA

Corinthians e Palmeiras tiveram um 2012 histórico. O primeiro, conquistou um título inédito para sua galeria de troféus. Um desejo antigo: a Libertadores. O Segundo, saiu de uma grande fila de conquistas nacionais e, automaticamente, carimbou o passaporte para o competição continental no ano que vem.

Mas, infelizmente, o que deve acontecer agora com ambos é uma grande ressaca. Perdoável, é claro, mas o Brasileirão esvaziado de dois gigantes não é interessante para ninguém.

Isso já vem acontecendo nos anos que temos um campeão brasileiro da Libertadores. O desgaste misturado com uma sensação de dever cumprido toma conta dos clubes. Também com a espectativa do Mundial de Clubes no fim do ano. São Paulo, Inter, Santos tiraram o pé no nacional. O Corinthians não deve ser exceção.

A situação do alviverde é um pouco diferente. O justo campeão da Copa do Brasil, não tem elenco forte o suficiente para brigar na ponta do Brasileirão. Melhor mesmo é pensar no ano que vem. Na manutenção de Felipão, no reforço da equipe e no seu entrosamento.

O verdadeiro desmanche

Muito tem se especulado sobre um desmanche no Corinthians, que ainda não se concretizou, mas outro desmanche acontece a olhos vistos sem ninguém perceber: o Santos.

Borges, Alan Kardec e Elano já se foram. Ganso está balançando. Neymar e Rafael vão para Londres. A situação é muito complicada pelos lados da Vila. Infelizmente será mais um ano que o time da badalada dupla Neymar-Ganso vai se tornar campeã do Brasileirão.

São Paulo se acerta

Acredito no São Paulo na briga pelo título. Se for dado tempo e tranquilidade para Ney Franco, ele tem tudo para fazer um bom trabalho. Um elenco forte e promissor. Se a paz reinar pelo Morumbi, o clube estará na briga pelo título.

Bruno Pavan

bruno.pavan@yahoo.com.br

bruno.pavan@andressoares.com