Colunista Fúria Destaque

CARTA AO PALMEIRENSE

Olá, caro palmeirense e leitor do Futebol Alegria e Debate. Estou escrevendo este artigo endereçado a você, especialmente. Sabe por que?

Bom, na “Era Paulo Nobre” seus dois primeiros anos de mandato o clube quase não tinha dois times pra fazer um treino e em seguida, 2014, o clube lutou mais uma vez para não cair. Em 2015 o presidente prometeu que o ano seria diferente e injetou um investimento altíssimo no clube, a fonte foi seu próprio bolso. Naquele ano o Palmeiras chegou na final do Campeonato Paulista e foi campeão da Copa do Brasil. 2016 o Palmeiras foi eliminado da Libertadores na fase de grupos, mas Cuca prometeu e cumpriu: iria brigar e conquistar o título brasileiro.

Mas há um segredo muito curioso que envolve o 2015 e o 2016 da Sociedade Esportiva Palmeiras. Na época Nobre assumiu e cortou relações com a torcida organizada que recebia privilégios como ingressos antecipados, ônibus próprio para ir em jogos fora de SP e também incomodava horrores. Fora isso blindou tudo o que saía do clube como informações diversas ou brigas e discussões, que são normais em qualquer ambiente de trabalho mas para a televisão é um prato cheinho.

Em 2017 tudo isso acabou. Torcida organizada voltou a ter relações com a diretoria a pedido da sra. Leila Pereira, e dias atrás ameaçou de morte o diretor de futebol Alexandre Mattos. Nobre pedia que Leila cumprisse o estatuto para poder ser conselheira e, posteriormente, presidente do Palmeiras, mas ela se aliou a Mustafá Contursi e conseguiu o cargo no conselho de forma obscura. Foi dito também que ela cortaria o patrocínio master do clube caso Alexandre Mattos fosse demitido ou saísse do cargo. Isso é ou não é chantagem?

Não quero aqui insinuar nada a respeito de indivíduo algum. Porém prestem atenção no que acontece no clube, tempos nebulosos pairam no alviverde. Podemos ter uma calmaria em 2018 ou podemos ter mais um clube tradicional a se perder nas mãos de mal-feitores. O torcedor é passional? É. Mas 1 segundo de racionalidade ele pode ter também, não faz mal a ninguém, ajuda na verdade a enxergar muita coisa. O resultado no campo não é tão satisfatório, porém é o menor problema que o clube encara a neste atual cenário de 2017.

Futebol Alegria e Debate, o seu portal do esporte.

Abraços,