Destaque Entrevista

COLUNISTA – GLAUBER GLEIDSON PERES

Nome: GLAUBER GLEIDSON PERES

Nascido em: 29 de Julho de 1983, em Pindamonhangaba-SP

Hobby: Desenhar quadrinhos Mangá, Sintonizar emissoras de ondas curtas, foi baterista de várias bandas de rock amadoras na cidade.

Prática algum esporte:

Qual? Uso bicicleta como meio de locomoção pessoal.

FADebate – Como conheceu o Futebol Alegria e Debate e como surgiu a oportunidade de ser colunista?

Glauber –  Através do convite pessoal de André Soares de ser mais um colunista do FADebate, endossando conteúdo relacionado ao esporte, principalmente no futebol.

FADebate –  Conte um pouco sobre você?

Glauber – Até pouco tempo atrás, Era mais um na multidão perdido por aí… Formado em Logística em 2014 pela ETEC João Gomes de Araújo de Pindamonhangaba(SP). Solteiro, 34 anos e 10 meses e apaixonado por futebol. Sou são-paulino, mas nunca me esquecerei da visita à Santos, na Sala de Trofeus do Santos FC, no Estádio Urbano Caldeira, em junho de 2013.

FADebate –  De que forma você vê como o esporte é tratado no Brasil?

Glauber – Com desleixo. O Brasil tem ganância de querer abraçar o mundo, mas é apenas um paisinho latino americano qualquer. Não é tratado como prioridade, nem como necessidade de valorizar o sacrifício pessoal de cada atleta que, também é Herói da Pátria; São nossos bravos soldados do esporte que levam para todo o planeta nosso Pavilhão Verde-Ouro.

FADebate – O que você acha da CBF como autoridade máxima do futebol brasileiro?

Glauber – Que autoridade eles no futebol Brasileiro?

FADebate –  A Copa e a Olimpíadas passaram pelo Brasil. O que esses dois eventos deixou de legado em sua visão?

Glauber – A Olimpíada de 2016, creio que escancarou de modo explícito a nossa necessidade de rever nossos conceitos sobre gestão pública sobre nossas modalidades. “O Futebol é Medalha de Ouro pentacampeão…” E Daí? Cadê a Medalha de Ouro nas OUTRAS modalidades?

FADebate – O que você acha sobre o assistente de vídeo, o VAR?

Glauber – O VAR foi adotado na Copa das Confederações, ano passado. Creio que será, sim, aplicado na prática nos demais torneios. Quanto o futebol Brasileiro, levará um pouco mais de tempo por conta de vozes dissonantes; são muito poucos que apoiam a iniciativa do VAR

FADebate – Sabemos que o Brasil é o país do futebol, como poderia criar oportunidades para outros esportes?

Glauber – Essa mentalidade precisa acabar. O Brasil é forte no Volley, na Ginástica Artística, tem se fortalecido no Basquete e (pasme…) ganhou destaque este ano nos Jogos de Inverno, graças à Isadora Williams. Mas a idolatria quase messiânica à Neymar – que eu julgo desnecessária – ofusca as glórias das demais modalidades individuais e coletivas. O brasileiro precisa abrir mão um pouco do futebol para dar maiores atenções às demais modalidades.

FADebate – O que espera da da copa do Mundo de 2018?

Glauber – Que o Brasil cumpra com sua obrigação, exorcizando seu passado de fracassos.

FADebate – O esporte salva vidas?

Glauber – Não só salva. Pacifica e oferece melhores oportunidades.

FADebate – Hoje o Futebol Alegria e Debate é um portal de esporte, que esta sendo acessado em 194 país, em todos os estados do Brasil e tem um alcance de 350mil acessos diários. Qual a mensagem que gostaria de

deixar para o nosso leitor?

Glauber – Apenas agradeço a satisfação e a alegria de saber que somos prestigiados em todo o globo.

GLAUBER GLEIDSON PERES

PINDAMONHANGABA SP