Artigos Destaque

COPA: ALEGRIA OU TRISTEZA? (526)

A Copa do Mundo vai se aproximando, faltando 763 dias e 10h :32min, o Brasil vem tentando se organizar da melhor forma possível, para assim receber os turistas e dar o melhor conforto para a população brasileira, que vem criando uma grande expectativa com a competição e claro com o legado que vai ficar para ser usufruído.

No papel tudo esta lindo e maravilhoso, mas na pratica nada esta andando. Os estádios não estão nem perto de ficarem pronto. Fora que temos greve dos funcionários que estão trabalhando nos estádios, tem empresa como a Delta que esta envolvida em escândalos do contravento Carlinhos Cachoeira e do Ex Senador Demóstenes Torres.

O legado que deveria ficar para a população também nem tem previsão de sair do papel. O que chama atenção é o Comitê Organizador da Copa de 2014, aparentemente vem se esforçando para atingir todas as metas. Mas depois da saída do “grande mal”, Ricardo Teixeira, Ronaldo Nazario esta parecendo um peixe fora d’água. Esta fazendo mais lobby do que efetivamente deveria fazer.

E para completar ainda mais esse cenário, o secretário geral da FIFA Jérôme Valcke, falou que se o Brasil não se movimenta-se para atingir as necessidades da FIFA ele daria um “chute no traseiro” do país. Isso gerou um grande mal estar entre o Ministro dos Esporte Aldo Rebelo e a FIFA.

Nessa terça feira, a FIFA convidou a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), o COL (Comitê Organizador Local) e o Ministro do Esporte para uma conversa na entidade da FIFA em Zurique, na Suiça. O objetivo era reaproximar o Ministro Aldo Rebelo do secretário geral Valcke. A principio esse objetivo foi alcançado.

Mas o foco principal era saber como estão as obras para 2014. Como nada esta sendo feito para a realização da Copa, a FIFA num acordo comum entre as partes, impôs que o Brasil, através do seu Governo Federal, tomasse as rédeas da Copa.

O pedido foi aceito e a partir de ontem o secretário executivo do ministério dos esportes, Luis Fernandes foi anunciado como o representando do governo no COL (Comitê Organizador Local). Na historia das Copas do Mundo, essa é a segunda fez que um país assumi o Comitê Organizador da Copa.

E outro que vai assumir sua quarta função em apenas dois meses é Marco Polo Del Nero, presidente da FPF (Federação Paulista de Futebol), que também fará parte do COL (Comitê Organizador Local). Esse depois da saída do Ricardo Teixeira vem acumulando cargos, vem assumindo funções e parece que será o novo “Todo Poderoso do Futebol”.

Cada dia que passa estou mais convencido que essa Copa do Mundo no Brasil em 2014, será a maior lavagem de dinheiro que já aconteceu. Muitos poderosos do futebol vão levar a melhor e encher seus bolsos.

Os estádios não estão prontos e vamos ver se pelo menos o COL consegue entrega-los nos prazos firmados.

Vejo que o grande legado que vai sobrar para o Brasil é a conta que o povo vai pagar, pois com o Governo Federal assumindo as funções no COL, com certeza o dinheiro público estará mais uma vez envolvido e indo para os bolsos dos figurões.

Reafirmo que sou contra a Copa do Mundo e as Olimpíadas no Brasil, não pelo esporte, mas sim por pessoas como Ricardo Teixeira, José Maria Marin, Marco Polo Del Nero e Carlos Nuzman, que em vez de acabarem, eles crescem cada dia mais e ficam ainda mais poderosos.

São pessoas que usam o esporte e a paixão do povo, para manipular e assim levar vantagem em tudo que estão envolvidos.

Continuo fazendo a pergunta: O Brasil esta preparado para receber a Copa de 2014?

Escrito por André Soares

andre@andressoares.com