Destaque Entrevista

ENTREVISTA – IAN CENCI OLIVEIRA

Olá caras leitoras e leitores do Futebol Alegria e Debate, é com muita satisfação que estamos aqui para trazer mais uma entrevista a vocês. O nosso entrevistado dessa semana, é um atleta que vem se empenhado, se dedicando e driblando as dificuldades para poder praticar esporte no Brasil, que para o Mundo, ainda somos o país só do futebol.

Dessa vez o nosso entrevistado é Ian Cenci Oliveira, um garoto de 17 anos que prática Jiu Jitsu. No começou a ideia de praticar era para manter o equilíbrio do corpo e o emocional, mas hoje com a paixão que ficou muito maior, ele começo a participar de campeonatos no Brasil e fora do Brasil.

Vamos olhar com carinho, pois o Ian é um daqueles raros atletas que surgem com potencial e por isso não podemos deixar passar essa oportunidade.

Valeu Ian pela entrevista e boa sorte.

Nome: Ian Cenci Oliveira

Profissão: Estudante

O que faz atualmente: Estou concluindo o ensino médio, me certificando em inglês FCE Cambridge e ingressarei na PWC em meados de março de 2016

Hobby: Jiu Jitsu, tennis, futebol e Muay Thai

créditos foto: Thais Melo
créditos foto: Thais Melo

FAD: Como conheceu o Futebol Alegria e Debate?

ICO: Através do meu pai, amigo do André Soares. Comentando sobre seu trabalho, naveguei no portal e entendi toda a dimensão dos seus projetos.

FAD: Como todo brasileiro sei que você gosta de futebol, o que você acha da situação que o esporte brasileiro vem passando?

ICO: Deixou de ser referência mundial a algum tempo. Hoje somos na verdade exportadores de material humano.

FAD: Finalmente os jogos olímpicos estão chegando, quais suas expectativas em relação a participação do Brasil?

ICO: Acredito que questões burocráticas e de super faturamento podem colocar em cheque esse gigantesco projeto, mas no Judô certamente teremos ótimos desempenhos.

FAD: Fale sobre o esporte que você está praticando?

ICO: O Jiu Jitsu é fantástico. Sou um declarado apaixonado pelo Judô e quando conheci o JJ descobri que podemos usufruir desse esporte para defesa pessoal e até mesmo em busca de equilíbrio. No tatame, me sinto bem.

FAD: Hoje você pratica um esporte que não é considerado olímpico, você acha que isso afeta na hora de divulgar ou até mesmo conseguir um patrocínio?

ICO: Sim. Se o JJ fosse olímpico, certamente a visibilidade para os patrocinadores seria acentuada. E fico feliz em saber que há empresas que enxergam o esporte de forma distinta, séria como a FADebate.

FAD: Com todas as dificuldades encontradas para se praticar esporte em alto nível no Brasil, como você vem driblando essas dificuldades?

ICO: Uma das maiores dificuldades é a questão financeira. Para se ter idéia, se olharmos para o calendários de competições oficiais da CBJJ e da IBJJ, os custos de manutenção são astronômicos, considerando que não é possível apenas focar na luta sem ter um trabalho paralelo.

FAD: Você considera que o Brasil é o país só do futebol?

ICO: Não. Outros esportes tem conquistado seus espaços consideravelmente. Hoje o Jiu-Jitsu é conceituado mundialmente. BJJ – Brazilian Jiu-Jitsu

FAD: No passado o Jiu Jitsu tinha a fama de ser praticado por pittboys, caras que só queriam arrumar confusão. Sei que esse preconceito vem se quebrando. Qual motivo você considera importante para essa mudança?

ICO: Levar a sério os conceitos e fundamentos básicos aprendidos no tatame e divulgar para a sociedade a verdadeira pretensão de lutar uma arte suave.

FAD: Como está sendo pra você a sensação de poder competir, ver outros atletas, outros lugares e até competir fora do país?

ICO: Estou muito feliz em poder representar minha academia, sinto a responsabilidade de encarar qualquer oponente de igual para igual e amo conhecer novas culturas, novas pessoas. A idéia é aprender como uma esponja – absorver muito de ídolos do BJJ

FAD: Hoje o Futebol Alegria e Debate é acessado em mais de 130 países, está em todos os 27 Estados do Brasil, em mais de 1710 municípios e tem um acesso diário de 55 mil pessoas. O que gostaria de deixar para os nossos leitores?

ICO: Que o Jiu Jitsu é um esporte que deveria ser praticado por muito mais pessoas, lembrando que toda a disciplina e o foco encontrados no tatame representam um fantástico exemplo para os jovens brasileiros.

Futebol Alegria e Debate, com você nas Olimpíadas

Um grande e forte abraço,

andre_soares_portal