Destaque Esportes

FIM DO BRASILEIRÃO 2018

Dia 03 de dezembro 2018 marcou a última rodada do campeonato Brasileiro de 2018. A saudade já fica, pois mesmo com todos os problemas que existe no futebol brasileiro, o futebol ainda é a maior paixão do povo brasileiro.

O Palmeiras se consagra campeão brasileiro. Foi o time que mostrou qualidade, equilibro, elenco e competência para assumir a liderança e não mais perder. 

Vamos fazer um balanço time a time, para fazer uma avaliação do que foram as equipes esse ano.

Palmeiras – Campeão. O time com um elenco forte e com a chegada do Felipão, o time se mostrou ainda mais forte. Assumiu a liderança para não mais perder e com muito mérito levou a taça e se tornou a maior campeão brasileiro da história.

Flamengo – Foi uma equipe dentro de campo o retrato da sua diretoria e do seu presidente Eduardo Bandeira de Melo, uma bagunça. Não se entrava em campo e num ato de desespero contratou Dorival Jr por 11 partidas. E mesmo assim o time conseguiu a sua vaga para libertadores.

Internacional – Depois de conseguir o acesso da série B fez um ano de 2018 extraordinário. Lutou o campeonato todo para se manter na liderança, mas no final da reta perdeu fôlego e ficar em terceiro lugar e a vaga direta na libertadores, foi muito merecedor.

Grêmio – Um time equilibrado. Renato Gaúcho priorizou a Libertadores e quando foi eliminado, voltou a sua força para o brasileirão e numa arrancada extraordinária, chegou no G4 e vai disputar pelo terceiro ano seguido a competição. 

São Paulo – No primeiro turno, foi a melhor equipe. E temo que ser justo que quando Palmeiras, Flamengo e Grêmio estavam envolvidos com outras competições, o São Paulo se aproveitou, mas quando essas equipes voltaram para o Brasileirão, o São Paulo perdeu forças e cai, mas a queda foi muito grande. Estará na perigosa Pré Libertadores.

Atlético MG – Não o foi o mesmo Atlético de outros anos. Fez um campeonato bem abaixo e na reta final, conseguiu melhorar um pouco para segurar a vaga na perigosa Pré Libertadores.

Atlético PR – O Furacão, na minha opinião foi o melhor time em recuperação não segundo turno. Fez uma aposta no Fernando Diniz, que não foi bem. A falta de resultado dificultou a sua permanência. Mas no segundo turno fez um campeonato impecável. A vaga na Sul Americana foi um prêmio para quem passou muito tempo na zona de rebaixamento. 

Cruzeiro – Campeão da Copa do Brasil, vai direto para a Libertadores. No Brasileiro deixou a desejar. Olha que o elenco do Cruzeiro era um elenco vasto, mas não produziu no brasileirão. 

Botafogo – Também foi um daqueles times que se recuperou na reta final. Depois da chegada do Zé Ricardo, a equipe, mesmo limitada, buscou fôlego para fugir da zona da degola.

Santos – A Sul Americana é um prêmio para uma equipe pra lá de bagunçada. Dentro e fora principalmente fora de campo. É impressionante como o Santos fez de lambança esse ano. E sem contar que terminou o ano sem seu treinador. 

Bahia – O Bahia manteve o seu nível. Chegou a incomodar no primeiro turno, mas depois foi perdendo fôlego e com uma boa equipe, se manteve tranquilo para não correr riscos.

Fluminense – Fez um campeonato pra lá de sofrido. Pra lá de desesperador. Lutou para não cair até a última rodada.

Corinthians – Uma equipe, não melhor um catado em campo. Perdeu jogadores e referencias importantes. Sem contar que fora de campo seus dirigentes foi pra lá de incompetentes e continuam fazendo merda atrás de merda. Enfim o ano acabou e o time se manteve na série A e com o prêmio de consolação, a última vaga da Sul Americana.

Chapecoense – Depois da tragédia que abateu sobre a cidade e o time, esse ano foi um ano de muita luta e esforço para se manter na série A do campeonato. A grande vitoria foi que esse ótimo foi conquistado.

Ceará – Depois de uma longa espera para voltar a série A, o time conseguiu se manter nela. Agora 2019 servirá para se consolidar, pois 2018 foi uma luta intensa para não cair.

Vasco – Precisa melhor e muito. Mais fora de campo, do que dentro. A politica do clube, vem arrasando o time a anos que vem sobrevivendo ano após ano. Se manter na série A foi pra lá de um titulo.

Sport – Sem time, sem treinador e com uma politica pra lá de incompetente, levou o time a série B

America MG – Tentou, batalhou, esforçou-se, mas não teve forças volta a série B

Vitoria – Foi salvo ano passado, mas esse ano não teve jeito. Agora vai enfrentar a série B

Paraná – Fez o que pode, mas já no primeiro turno, já sabíamos que não conseguiria se manter na séria A. 

Mais um ano se foi. Mais um ano com torcedores comemorando, outros respirando aliviadamente e outros chorando, isso é futebol. Essa é a paixão.

Agora vamos para 30 dias de férias onde muitos clubes precisam se mexer muito para não cometer os mesmo erros de 2018.

Até 2019 com o Campeonatos Regionais, Pré Libertadores, Libertadores, Brasileirão e Sul Americana

Um grande e forte abraço

Futebol Alegria e Debate, o seu portal do esporte