Destaque Entrevista

KAINAN – UM GAROTO DE OURO

Nessa semana é com muito prazer e honra que o FADebate está publicando uma entrevista com a maior revelação da natação dos últimos tempos no Brasil, Kainan Coerin de Jesus. Um garoto de 15 anos que a cada dia vem se consolidando como um fenômeno no esporte nacional.

Um esporte onde temos como ídolos Guilherme Paraense, Tetsuo Okamoto, Maria Lenk, Manuel dos Santos Junior, Ricardo Prado, Gustavo Borges, Fernando Scherer, Thiago Pereira e Cesar Cielo, são alguns dos brasileiros que fizeram historia ganhando medalhas na natação pelo Brasil em Olimpíadas.

Tudo no Brasil, se não for o futebol, é sempre mais difícil e a natação não é diferente. Kainan é um garoto que conta com um apoio familiar muito forte. Não digo financeiramente, pois a família se desdobra para custear as despesas que não são poucas e nem baratas, mas digo com carinho, incentivo, apoio e muita dedicação.

Mesmo enfrentando muitas dificuldades, Kainan mostra dentro das piscinas que se tornará, sem dúvida o nosso próximo campeão a fazer historia na natação no Brasil.

FADebate – A última entrevista que publiquei sua no FADebate, você estava com 11 anos, nesses quatros anos, o que mudou?
Kainan- Primeiro eu gostaria de agradecer ao FADebate por mais esta oportunidade, neste 4 anos minha vida teve muita mudança, mudei de clube e de cidade, hoje moro próximo do Corinthians para ter melhor condição de treino, sem esquecer que nesses 4 anos fui 9 vezes campeão brasileiro e 12 vezes paulista, vice-campeão no Sulamericano Interfederativo,  Campeão Brasileiro Escolares, 9 vezes Campeão do troféu Kim Millo, duas convocações para Seleção Brasileira e 2 medalhas no ultimo Sulamericanos no Peru.

FADebate – Você era atleta do Santo André, no início da sua carreira, hoje está no Corinthians, o que isso ajudou na sua continuação na natação?
Kainan – O Santo André foi meu inicio na natação meus primeiros passos, lá eu aprendi a base e construí amizades que me acompanharam  para sempre, mas a mudança de clube foi necessária pela estrutura e condições ofertadas, acredito ter feito a melhor escolha para a continuidade do meu sonho.

Kainan - Peru, Lima defendendo a seleção brasileira.
Kainan – Peru, Lima defendendo a seleção brasileira.

FADebate – Mesmo atuando no Corinthians, sei que a dificuldade de praticar o esporte é difícil e mesmo assim você vem se destacando. Qual é a sua meta para os próximos anos?
Kainan- Eu acredito que as dificuldades são as pedras que você constrói o seu futuro, a natação Brasileira é muito competitiva, e vem crescendo mundialmente. Na minha categoria  temos no calendário Campeonato Paulistas e Brasileiro de inverno e verão, além dos regionais em todo ano além do Troféu Chico Piscina, e nestas competições eu busco nadar bem e buscando o pódio e focando as classificações para os mundiais e sulamericanos de 2016.

FADebate – Na sua categoria hoje você é um dos primeiros no Brasil, como é lidar com isso e qual a sua especialidade?
Kainan – Não digo que sou o melhor, mas sim que nado entre os melhores, como disse a natação é muito competitiva e sempre surgem novos nomes além dos já concorrentes diretos, em uma final somos 8 atletas e todos ali estão aptos para ser campeão da prova, minha especialidade é o nado medley e borboleta, mas tenho também competido e treinado para o nado costas, que esta fluindo legal.

FADebate – No mesmo se abril tivemos o Sulamericano sub 15 da natação, como você recebeu a notícia da sua convocação? Essa foi sua primeira convocação para defender a seleção brasileira?
Kainan – Existe alguns critérios de pré convocação no Brasileiro de Verão que aconteceu em Palhoça, Santa Catarina, la nadei bem e consegui ser o Campeão dos 100mt Borboleta, prova que me deu a oportunidade de Seleção, mas a oficialização veio somente em fevereiro, fiquei muito feliz, pois este é o sonho de todos nós nadadores é alcançar a Seleção, embora não foi minha primeira convocação já havia sido convocado para Seleção Brasileira para os jogos escolares do ano passado, porem a comissão técnica do meu clube achou por melhor não nadar nesta competição devido a agenda estar próxima do Campeonato Brasileiro.

FADebate – Como foi a convivências essas dias que passou no Peru com a delegação? E a convivência com atletas que você enfrenta nas competições no Brasil?
Kainan – Umas das melhores experiências, vestir o agasalho da seleção Brasileira realmente uma honra, a convivência foi muito legal, pois havia uma delegação, mas duas equipes a juvenil e os juniores e ficamos todos juntos e unidos pelo Brasil, além da comissão técnica que tem uma grande estrutura e muitos atenciosos, viajar para outro pais é uma experiência impressionante, e a convivência foi melhor ainda, pois la estávamos um dando força ao outro e todos torcendo pelo Brasil.

FADebate – Descreve a sua atuação no Sulamericano individualmente e coletivamente?
Kainan – Individualmente não obteve minhas melhores marcas devido ao período de treino e o foco que temos para o Brasileiro, mas nos revezamentos nadei na superação e consegui ajudar a equipe, e conseguimos ganhar 2 medalhas uma de prata no revezamento 4×100 medley e Ouro nos 4×50 medley misto, agora é continuar treinando muito para ter outra grande oportunidade como esta.

FADebate – Sei que você ganhou duas medalhas. Qual é a sensação de subir ao pódio e ouvir o hino nacional?
Kainan –  Este momento é a realização de todo atleta, um sonho e uma alegria que divido com minha família que me acompanhou ate o Peru.

FADebate – Esses dias o nadador Francês, medalha de prata nas olimpíadas, deu uma declaração forte sobre Cesar Cielo, dizendo que é muito difícil você olhar para o lado e ver um atleta que ganha de você trapaceando. Qual sua opinião sobre um fato desse diante de um ídolo brasileiro?
Kainan – Temos a FINA, Órgão Internacional que cuida, esclarece e puni os casos de doping, lógico que é errado, mas como falei existe um Órgão que esta apto a julgar e punir, e  eles acompanham já nas categorias menores, mas eu não nado contra ninguém mas sim contra meu tempo e é nele que eu foco e treino diariamente para vence-lo.

FADebate – Você é garoto, viajou para outro país e como é conciliar estudo, lazer, natação e as competições?
Kainan – Minha vida gira em torno da natação, a maioria dos meus amigos são da natação, e faço do meu lazer o ambiente de treino e das competições. É muito difícil as pessoas de fora entender, pois a dedicação deve ser total, os estudos tenho grande apoio do meu Colégio Amorim que apoia muito o esporte,  são flexíveis mas não descuidam da gente, como eles falam esporte e estudo tem que caminhar juntos, além de meus pais sempre estarem me auxiliando e ajudando.

fadebate_kainan_1

FADebate – O apoio da família faz a diferença quando praticamos esporte. O que você pode falar sobre a sua família?
Kainan – Poxa, minha família é tudo, o que já fiz, o que faço e o que ainda farei, tudo tem as mãos dos meus Pais, para você entender no Peru foram meus pais, minha avo, meu tio e 2 tias me acompanhar, e saiba que faz muita diferença, subir no bloco e sentir a energia deles próxima, me da mais força.

FADebate – Hoje o FADebate tem 10mil acessos diários. Somos vistos em 120 países, em todos os 27 Estados no Brasil e em mais de 1300 municípios. Qual a mensagem que você gostaria de deixar para as nossas leitoras e leitores?
Kainan – Gostaria de agradecer esta oportunidade, como agradecer o apoio do meu patrocinador SBC Trans e minha família, e aos leitores e leitoras.Tenho uma mensagem simples mas com muito poder , que vocês leitores nunca, mas nunca mesmo deixem de acreditar em seus sonhos e acima de tudo em você, pois você e do tamanho do seu sonho.

O FADebate acompanha a carreira de Kainan e torce demais para o sucesso de garoto que  além de um excelente atleta, é um garoto humilde, muito família e de um coração enorme.

Força!!

Futebol Alegria e Debate, o seu portal do esporte.

Um grande e forte abraço,

andre_fadebate