Colunista Fúria Destaque

MELHOR DO MUNDO: BALLOON D’OR

Olá, caros internautas. Hoje venho trazer uma breve resenha sobre este prêmio que já coroou tantos craques que dá para fazer uma seleção inteira mais os reservas. Os brasileiros figuram muitos destes títulos, mas de uns anos pra cá, não mostramos nenhuma chance senão a de hoje com Neymar.

Ao longo dos anos o Balloon D’Or já premiou goleiros, defensores e, nos últimos anos vem premiando os avantes. Lev Yashin, O Aranha, foi o primeiro goleiro a receber o prêmio, no ano de 1963. Já Eusébio foi o primeiro negro a ganhar o título. O dinamarquês Simonsen foi o primeiro de seu país a receber o prêmio, tendo em vista que a Dinamarca não tem muita expressão no futebol e revela bons jogadores em um espaço muito longo de tempo. Lotthar Matthaus, Cruiff, Beckenbauer, Paolo Rossi.

fadebate_lev_yashin_eusébio

Entretanto, após a união com o Melhor Jogador do Mundo pela FIFA, o troféu figurou em grande parte para o setor ofensivo, com uma exceção que foi Fabio Cannavaro, defensor que levantou o tetra com a Azzurra. Isso se encerrou em 2009. Só para nos localizarmos o prêmio começou como Balloon D’Or, depois virou Melhor Jogador do Mundo pela FIFA e, agora chama-se FIFA Balloon D’Or, sendo que esta última mudança passou a figurar desde 2010.

O Balloon D’Or: De 1956 à 2009

fadebate_cruyff

Este teve os holandeses como maiores vencedores: foram 3 títulos para Johan Cruyff, 3 para Marco van Basten e 3 para o francês Platíni. Di Stéfano, Ronaldo, Beckenbauer, Kevin Keegan e Rummenige possuem 2 títulos deste cada jogador.

O Melhor Jogador do Mundo pela FIFA: de 1991 à 2009

fadebate_zidane

Os recordistas deste é Zinédine Zidane com 3 títulos junto de Ronaldo Fenômeno. Ronaldinho possui 2 de 2004 e 2005. Messi, CR7, George Weah, Romário, Rivaldo, Kaká, Figo, Van Basten, Matthaus e Cannavaro possuem apenas 1.

FIFA Balloon D’Or: de 2010 até agora

fadebate_messi_bola_ouro

O FIFA Balloon D’Or deu três títulos para a Argentina e dois para Portugal e só, tivemos poucas edições desde que decidiram o nome definitivo da premiação, que apesar dessas mudanças, sempre foi a mesma. O Messi mais uma vez levou o troféu, merecidamente é bom ressaltar. Cristiano Ronaldo em segundo não foi surpresa, mas bem que Neymar poderia ficar com esta colocação visto que chamou a responsabilidade para si quando o craque argentino se contundiu.

Futebol Alegria e Debate, com você nas Olimpíadas

Abraços,

furia_portal