Colunista Fúria Destaque

O ENEA VEIO, ENFIM!

Olá, caros internautas! Neste domingo a Sociedade Esportiva Palmeiras conquistou seu 9º título brasileiro. Há 22 anos conquistava o octa e um longo período de vacas magras marcou este longo jejum. Pode soltar o grito, palmeirense! Você merece!

Quando Cuca assumiu o comando da equipe ele logo foi eliminado no campeonato paulista e, em seguida, da Copa Libertadores também. Vale lembrar que ele iniciou com quatro derrotas seguidas e, aparentemente, o fantasma de Marcelo Oliveira rondava no banco da comissão técnica.

Em maio ele prometeu buscar o título brasileiro, em uma entrevista, de certo modo, risível, pois como um clube que é eliminado em sequência de duas competições diferentes quer buscar um campeonato longo e arrastado como é o brasileirão? Jogo a jogo ele foi mostrando resultado.

fadebate_jadilson

Ganhava fora, fazia o dever de casa, jogava de forma objetiva e simples. O Palmeiras foi muito criticado no returno onde os “especialistas” da bola atiravam pedras no futebol alviverde. O que vale mais: 1×0 feio ou 0x0 lindo? Claro que os 3 pontos que se somam, caso contrário o Santos teria sido o campeão. O que conta não é a plástica, mas os 3 pontos, saldo de gols, aproveitamento, defesa sólida e emocional equilibrado.

Quais foram os prinicpais protagonistas da conquista? Primeiramente Paulo Nobre, por ter injetado um investimento para que o clube sobrevivesse. Agora, falando dos jogadores, podemos destacar um pouco de todos eles, sendo que foram importantes em pelo menos 1 jogo cada.

Erik por ter marcado contra o Internacional, lá no Beira-Rio; Fabiano por ter marcado contra a Chapecoense; Jaílson por ter fechado o gole substituído Fernando Prass à altura; Vitor Hugo por sua energia e seus cabeceios certeiros; Yerry Mina por sua larga passada, forte jogo aéreo e dancinhas hilárias; Zé Roberto por sua entrega e eternidade; Jean por chegar quieto e sair calado, tendo marcado 6 gols no brasileirão; Gabriel Jesus por ter feito muitos gols no 1º turno; Dudu por sua dedicação; Róger Guedes por se mostrar uma aposta que valeu a pena investir; Rafael Marques por sua experiência e gols; Alecsandro e sua volta por cima, a verdade prevalece; Tchê Tchê e seu fôlego no 99 (jogadores de PES entenderão); Edu Dracena por sua liderança e experiência; Cleiton Xavier e sua identificação; Moisés e seu esforço colossal; Arouca, Gabriel, Thiago “Pitbull” Santos, Allione, Leandro Pereira, Thiago Martins, Egídio também foram importantes, nem que for em um único lance, mas tiveram a responsabilidade dividida e suportaram bem a carga.

fadebate_palmeiras_2016

Muitos dizem que o Palmeiras ficou 22 anos sem ganhar um brasileirão e é verdade. Olha só a chance que tiveram de igualarem o número mas se passou tanto tempo e só o Palmeiras é 9 vezes campeão do brasileirão ainda hehehe.

Habemus Palestra

Futebol Alegria e Debate, o seu portal do esporte.

Abraços,

furia_portal