Colunista Fúria Destaque

O IMPÉRIO CONMEBOL CONTRA-ATACA!

Olá, caros internautas. Hoje estou de luto. Não, nenhum parente ou amigo próximo faleceu, mas percebi ontem que o futebol sulamericano mata o futebol brasileiro a cada Libertadores. 

A CONMEBOL, com o aval das demais confederações sulamericanas de futebol, tratam o Brasil como lixo. Já não é de hoje que isto acontece e ontem mais um episódio veio à tona.

De uns anos pra cá o futebol brasileiro veio se interessando pela Libertadores, desde o título do Fla e do Grêmio, ambos nos anos 80 e o bi do São Paulo em 92 e 93. Grêmio conquistou a américa em 1995 e o Vasco levou um em 1998. 1999 o Palmeiras fechou a década amplamente verde e amarela.

fadebate_conmebolOs anos 2000 começaram com Palmeiras, São Caetano e Santos nas finais, porém nenhum deles conquistou o título. 2004 passou em branco e somente em 2005 o São Paulo voltou a levantar o caneco. 2006 foi a vez do Internacional e 2007, 2008 e 2009 tivemos mais três brasileiros decidindo finais(Grêmio, Fluminense e Cruzeiro respectivamente). Mais uma vez uma década cheia de brasileiros nas finais e títulos pro nosso país. 2011 o Santos levou o caneco, seguido pelo inédito título do Corinthians e do Atlético Mineiro também.

Há três Libertadores nenhum clube brasileiro chega em uma final de Libertadores e isso tem um nome: negligência. Negligência da CONMEBOL, negligência da CBF e das demais federações de cada país onde fazem questão de que nosso futebol seja operado, falando o futebolês.

Hoje ninguém liga pois não é do seu time do coração que está se tratando, mas esquecem que toda vez que participa-se da Libertadores o time joga contra os 11 adversários e contra o juiz também.

Ontem foi mais um caso, até quando a CBF estará de mãos atadas? Até quando abaixaremos a cabeça pra CONMEBOL?

É isso, caros amigos.

Futebol Alegria e Debate, com você nas Olimpíadas

Abraços,

furia_portal

Comentário

Postar um comentário

  • Por incrível que pareça, o fato de sermos culturalmente diferentes, e nisso me dirijo ao idioma principalmente, faz com que sejamos muito fracos em representatividade junto à comissão de arbitragem na CONMEBOL, e isso já vem de longa data, pra mim é irreversível!

    • Além do idioma, tem as conchavos que se esconde por debaixo dos panos que acontece. Muita coisa não muda, porque os clubes são coniventes e assinam o regulamento no começo do campeonato e se sujeitão a tudo. Depois não adianta reclamar..