Destaque Esportes

O MELHOR DA AMÉRICA

Demorou 100 anos para comemorar o primeiro titulo, mas quando o gosto de vencer adoçou a boca dos chilenos, parece que eles não querem mais parar.

Em 2015 numa campanha maravilhosa, conquistaram a Copa América jogando em casa, trazendo uma alegria imensurável para o seu torcedor que vivia um momento único com a sua seleção.

A mudança de postura da seleção chilena passou pelas mãos do seu ex treinador Sampaolli que em um ano de trabalho fez com que a equipe, com os talentos que tem, mostrasse um futebol ofensivo, marcador e bonito, que tornou vencedor.

Na sua primeira oportunidade da fina, que foi a Copa América, o adversário era nada menos nada mais que a Argentina, que vinha de um vice campeonato no Mundial diante a Alemanha em 2014 no Brasil.

Começa o ano de 2016 e com ele vem as eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, que irá acontecer na Rússia, a diferença desse inicio de ano, foi que o mesmo Chile com o seu mesmo treinador e filosofia, acabou não de encontrando e as discussões entre dirigentes da confederação chilena e o seu treinador começaram a ser frequentes.

Todos nós sabemos como isso sempre acaba. E para não ser diferente Sampaolli acabou sendo demitido, deixando a seleção chilena em baixa nas eliminatórias.

fadebate_bravu

Quando se chega um novo treinador, teoricamente tudo que o outro estava fazendo, acaba sendo descartado pra começar um novo trabalho, pois se o outro foi demito, é porque nada mais estava funcionando.

Só que a grande questão do Chile não era dentro de campo, tanto que o seu novo treinador, Pizza, chegou e não mudou nada. Nem mesmo a escalação que Sampolli vinha mantendo.

Tanto que isso é verdade, que na primeira competição que o treinador teve de ficar mais tempo com a equipe, o Chile mais uma vez assombrou o Mundo, chegando a final da Copa América Centenário que aconteceu nos EUA, com uma goleada de 7×0 sobre a seleção do México.

Mais uma vez na final e mais uma vez diante a Argentina de Lionel Messi e CIA, que vem atrás de sua primeira conquista, após Era Maradona.

fadebate_higuain

Não tem aquele ditado que diz: Tem coisas que só acontece comigo? Isso cai muito bem a Argentina e a Higuaín.

Em três finais seguidas, a Argentina perde o titulo e o seu centroavante Higuaín, perdeu gols feitos em todas essas finais.

Diante a Alemanha na final da Copa do Mundo de 2014, ele perdeu um gol cara a cara com Manuel Neuer que poderia mudar a historia da final.

Na final da Copa América que foi decida nos pênaltis, ele perdeu o seu pênalti e no tempo normal, ele já tinha perdido um gol feito.

Sem contar que na final de ontem novamente diante o Chile, no primeiro tempo, ele perdeu um gol pra lá de feito. Foi impressionante.

Só que dessa vez ele não foi o único vilão. Mais uma vez a decisão foi para os pênaltis e quem errou dessa vez foi Messi. O melhor jogador do mundo com recordes pela seleção, pelo Barcelona, sentiu a perna passada e desperdiçou sua cobrança.

fadebate_messi

No final das contas, o Chile vence mais uma final e para quem ficou 100 anos sem conquistar um titulo, em apenas dois anos teve o prazer de levantar duas Copa América.

Já para Argentina, que não ganha nada a 23 anos, restou ver os chilenos mais uma vez vence-los em uma final. Parece que essa geração de jogadores argentinos, que é um primor, não foi feita para ganhar. Tanto que após a partida, Messi da uma entrevista dizendo que parece que chegou ao fim o seu ciclo na seleção argentina.

Será?

Ao final da partida, o novo treinador da Seleção Brasileira foi perguntado o que achou da final, Tite foi curto e direto: “A seleção chilena é a referencia para o futebol brasileiro.”

É os tempos são outros mesmo, pois o Brasil sempre foi referência para todo o Mundo, mas como todos evoluíram e a nossa seleção ficou estagnada  por anos, agora temos que correr atrás.

Futebol Alegria e Debate, o seu portal do esporte.

Um grande e forte abraço

andre_soares_portal