Colunista Bruno Pavan Destaque

O QUE FAZER COM ESSE TAMANHO?

Acabou de sair na imprensa de que o Corinthians é o primeiro time brasileiro a superar o valor de 1 bilhão de reais. As cifras foram calculadas por uma auditoria que já fez quatro edições desse estudo, todas elas com o Timão na frente.

É lógico que isso é uma grande notícia e quer dizer muita coisa, não só para o Corinthians mas para o futebol brasileiro. Contudo, é preciso saber o que fazer com esses números.

A grande força do Corinthians é a torcida. 51% da sua força vem da Fiel de acordo com o mesmo estudo. Mas isso não vem de graça. Só o fato de ter uma grande torcida não quer dizer muita coisa. A união de boas jogadas de marketing, um bom projeto de sócio torcedor e títulos faz o alvinegro ser bem sucedido financeiramente.

Flamengo e São Paulo vem na sequência com 792 e 771 milhões respectivamente. O crescimento do tricolor do Morumbi nas últimas décadas é visível. Com profissionalismo e uma sequência de títulos, ultrapassou a torcida do Palmeiras no estado e no país. Isso vem muito da geração bi-campeão mundial, que entrou no mercado consumidor nos anos 2000 e já tem seus filhos. Ainda há no horizonte a probabilidade de colher os frutos do tri-campeonato Brasileiro e da Libertadores-mundial de 2005.

O rubro-negro é que vive épocas conturbadas. Os números e a situação do clube hoje em dia só mostra que o título de 2009 foi um “acidente de percurso”. Uma mistura de magnética inflamada com boas fases de Pet e Adriano. Estes mereceram serem campeões. A diretoria, não.

A questão é simples. O Flamengo é o time que mais recebe da Rede Globo, ao lado do Corinthians. Mas basta olhar a situação dos dois que veremos a enorme diferença. Um, conquistou dois brasileiros, uma Copa do Brasil e uma Libertadores nos últimos sete anos. Outro, ganhou em brasileiro em 2009 mas vive sempre “paquerando”. Uma crise. Luxemburgo, Ronaldinho e Joel, só pra ficar na mais recentes.

O Mengão é um gigante. Sempre foi e sempre será. Mas precisa saber o que fazer com esse tamanho todo. Para o bem do futebol brasileiro.

Bruno Pavan

bruno.pavan@yahoo.com.br

bruno.pavan@andressoares.com