Colunista Bruno Pavan Destaque

OS CLÁSSICOS DE UMA NOTA SÓ!

Vem de tempos a “orientação” da Polícia Militar mineira de que se venda ingressos apenas para uma torcida nos clássicos Atlético e Cruzeiro. Um turno é de um. O outro, do outro. Pra mim, não poderia ter maior atestado de incompetência.

Estão acabando com o futebol, isso sim. Ou alguém em sã consciência concorda com esse absurdo? Não estarão os nobres policiais colaborando com a intolerância entre as torcidas? Quando uma delas fica inteira do lado de fora, isso não aumenta o ódio entre elas?

Mas o destino, esse componente da história que ninguém controla, tratou de dar a sua luxosa colaboração para o clássico. Torcedores do Cruzeiro começaram a arremessar objetos dentro do gramado, em direção ao juiz, que poderia ter se machucado seriamente em uma partida onde, teoricamente, não haveria nenhum problema em relação a hostilidade. Já que só tinham “amigos” lá dentro.

O próximo passo “revolucionário” para acabar com a violência nos estádios? Acredito que estamos caminhando a passos largos para o “jogo de um time só”.

Bruno Pavan

bruno.pavan@yahoo.com.br

bruno.pavan@andressoares.com