A Prancheta

PRANCHETA (003)

Nessa edição vou vamos falar sobre a Seleção Brasileira da Copa de 1982. Para muitos a maior seleção de todos os tempos. Onde se reuniu craques indiscutíveis sobre o comando do mestre Telê Santana. A seleção brasileria era formada por: Waldir Pires, Leandro, Oscar, Falcão, Luizinho e Junior, Sócrates, Toninho Cerezo, Serginho, Zico e Eder.

Telê Santana escolheu o esquema 4-4-2 como base de seu trabalho e implantou com muita felicidade na Seleção Brasileira. Ele deu um toque diferente no esquema tático que depois foi usado por diversos clubes na década de 80.

A primeira linha de 4 não tinha diferença era formado pelo: Lateral direito: Leandro, zagueiro Oscar, quarto zagueiro Luizinho e lateral esquerdo Junior.

Na linha de 4 no meio de campo que acontecia a diferença, pois não era uma linha tradicional. Tinha um formato de um losango com um meia avançado chegando ao ataque como um terceiro atacante.

A linha de frente até tinha um centroavante enfiado e um entrando pelo lado esquerdo, no lado direito sempre cai Sócrates e o Zico.

Esse time tinha uma grande obediência tática fora do comum. Os jogadores procuravam ocupar os espaços quando era atacado e quando tinha a posse de bola sai com os dois laterais e os dois volantes tanto pelo lado esquerdo quando pelo direito e Zico se encarregava de armar as jogadas e se aproximava do Serginho e Eder formando o terceiro atacante.

Pena que essa Seleção não conquistou a Copa, pois o titulo iria coroar os jogadores, o técnico e o esquema tático.

 

 

Escrito por André Soares

 

Adicionar comentário

Postar um comentário