A Prancheta

PRANCHETA (004)

Hoje vamos falar sobre o esquema tático que contagiou o Mundo. Muitos times do Mundo inteiro e até seleções utilizam esse esquema como meta de trabalho. Estou falando 3-5-2.

O esquema tático é formado por três jogadores na defesa, cinco jogadores no meio de campo e com dois jogadores no ataque. Esse esquema surgiu como uma alternativa como opção menos defensiva do que 4-4-2.

Temos o seguinte desenho: na defesa foi adicionado mais um zagueiro que é denominado libero. Os laterais foram colocados mais a frente e passaram a ser chamado de alas. O meio de campo possui dois volantes e no ataque antigamente era formado por dois centroavantes. Hoje em dia se joga com um centroavante e um meia habilidoso que chega a frente para ajudar esse atacante.

Tudo isso foi criado para ajudar o setor defensivo. Cada zagueiro fica incumbido de marcar um atacante, enquanto o líbero pode se posicionar na frente ou atrás da defesa, “na sobra”, auxiliando o setor defensivo. Os volantes protegem a entrada da área e os alas cuidam das laterais.

Todos sabem que no Brasil o time que mais utilizou esse esquema tático foi o São Paulo de Muricy, mas o primeiro técnico brasileiro que sem medo mudou um tradição foi o Lazaroni na Copa de 1990.

 

Em pé: Taffarel, Jorginho, Ricardo Rocha, Mozar, Ricardo Gomes e Branco. Agachados: Muller, Alemão Careca, Dunga e Valdo.

Essa Seleção não passou das oitavas de finais quando perdeu para Argentina de Maradona e Canidia. Lazaroni foi crucificado por ter modificado o esquema de uma seleção de tradição, mas foi um técnico inovador.

ESQUEMA 3-5-2

 

Escrito por André Soares

 

Adicionar comentário

Postar um comentário