Copa 2018 Destaque Esportes

UMA FASE INESPERADA

Foi uma fase de oitavas de finais, pra lá de inesperada. Tivemos jogos emocionantes, outros sonolentos e outros que foram decididos de uma forma dramática.

Essa é a Copa da Rússia, que vem se mostrando uma das mais inesperadas de todas as copas anteriores.

Uruguai 2×1 Portugal

Foi um jogo onde mostrou um jogo coletivo forte e determinado do Uruguai e mostrou uma equipe totalmente dependente do Cristiano Ronaldo, que não fez um grande jogo.

Outro ponto fundamental foi a grande atuação de Edson Cavani, mostrou o quando é finalizador e decisivo.

Pena que sofreu uma contratura na batata da perna e praticamente esta fora das quartas de finais, isso será uma pena.

França 4×3 Argentina

Não minha opinião o melhor jogo das oitavas de finais. Primeiro pelo fato de ter sete gols, isso já se mostrou algo inédito nessa fase de uma copa do mundo.

Mostrou o quanto a França é forte, rápida e tem uma juventude promissora. Principalmente com Mbappe, um garoto de ouro.

A Argentina totalmente destruída, mal escada e sem comando, tentou de todas as formas, buscar vida dentro dessa copa.

Olha que virou a partida, estava vendo, até que Mbappe, resolveu decidir a partida. E mesmo perdendo por 4×3, a Argentina teve a chance no último minuto, mas não converteu.

Pode ser, a última copa de Lionel Messi.

Brasil 2×0 México

Todos achavam que o México iria ter mais precaução e não atacaria o Brasil, mas não foi o que o Professor Osório mostrou.

O México atacou de peito aberto e encurralou o Brasil no seu campo de defesa, de uma forma bem contundente.

A diferença foi no segundo tempo. Quando o México errou um contra ataque e na sequência, o Brasil abriu o placar com Neymar.

Dai pra frente, o Brasil tomou conta do jogo e o México não conseguiu mais imprimir a pressão inicial.

Bélgica 3×2 Japão

Que jogo foi esse! Impressionante de assistir essa partida.

O Japão sem história, sem tradição e a menos favorita, conseguiu marcar 2×0 e estava avançando para as quartas de finais.

Ninguém imaginava e nem esperava ver o que estávamos vendo.

Só que quando a Bélgica, resolveu acordar, entender que estava sendo eliminada e deixou de ser preguiçosa, ai a coisa mudou de figura.

Em apenas 22 minutos, virou uma partida que estava se encaminhando para a prorrogação e quem sabe para uma decisão mais que improvável nos pênaltis.

Juntando os cacos, a Bélgica avança para fazer história em Copa do Mundo.

Espanha 1(3 x 4)1 Rússia

Uma das maiores zebras dessa Copa maluca que vem acontecendo na Rússia.

Mas se fomos olhar com um olhar mais critico, a Espanha não jogou nada para poder passar de fase. Fez um jogo chato e muito burocrático, sem finalidade alguma.

Os donos da casa, aproveitaram que a Espanha, não estava criando, resolveu dar trabalho. O gol russo, surgiu de uma falha de Pique, que depois do empate, controlou o jogo até o final.

A Espanha não teve força para marcar no tempo normal e nem na prorrogação.

Já nos pênaltis, não vou dizer que é uma loteria, sim competência de quem bate e de quem defende.

A Rússia foi mais competente.

Croácia 1 (3×2) 1 Dinamarca

Outro jogo maluco de assistir. A maluquice começou com os gols, pois a Dinamarca marcou a 2 minutos de jogo e a Croácia marcou aos 5 minutos.

Incrível!

Depois disse, tudo mudou. O jogo se manteve morno parecendo que as seleções estavam com medo de atacar e definir no tempo normal.

O lance decisivo aconteceu aos 14 minutos do segundo tempo da prorrogação, quando Modric teve a chance na cobrança de um pênalti que foi defendido por Schmeichel.

Daí fomos para as cobranças de penalidades.

Outra situação incrível, pois Schmeichel, goleiro dinamarquês e Subasic goleiro croata, resolveram fechar o gol, literalmente.

Defenderam tudo, mas no final, a Croácia acabou vencendo e passando para as quartas de finais.

Suécia 1×0 Suíça

Foi o jogo teoricamente tranquilo. Pois as duas seleções se equivalem muito. São fortes na marcação e o gol não seria fácil de sair.

Tanto que o Suécia, marcou seu gol no segundo tempo, depois de um desvio na saga Suíça.

Independentemente da situação, a Suécia avança para as quartas de finais e vem voltando para o cenário mundial do futebol, após 24 anos de ausência.

Colômbia 1 (3×4) 1 Inglaterra

Que jogo foi esse? Tá agora estou procurando entender o que aconteceu nessa partida.

Primeiro que os colombianos invadiram o estádio. Sem dúvida tinha muito mais colombianos que inglês torcendo.

Mesmo jogando contra a torcida, a Inglaterra fez um primeiro tempo muito forte, equilibrado e mostrando que não ficar no meio do caminho.

A Colômbia com seu futebol mais leve, rápido queria surpreender no contra ataque.

Após um primeiro tempo equilibrado, o segundo tempo, foi ainda mais agitado.

A Inglaterra abre o placar com Kane de pênalti, mostrando até esse momento a superioridade inglesa em campo.

Depois do gol, as coisas mudaram. A Colômbia se atirou ao ataque e a Inglaterra abdicou de jogar. Ai o castigo veio aos 48 minutos do segundo tempo para os ingleses.

Já para os colombianos foi o prêmio que ressuscitou a Colômbia na Copa. Mina empatou o jogo e levou para prorrogação.

Na prorrogação, as seleções tentaram de todas as formas, mas o empate prevaleceu e a decisão foi para as penalidades.

A Inglaterra teria que espantar um fantasma de nunca ter vencido uma decisão por pênaltis em copa do mundo.

No final, esse fantasma foi espantado e a Inglaterra avançou para as quartas de finais. Restou aos colombianos voltar para casa mais cedo.

Esse é a copa do mundo mais esperada e inesperada de todos os tempos.

Um grande e forte abraço

Futebol Alegria e Debate, o seu portal do esporte