Crônicas Destaque

UMA HISTORIA AMOR E LAGRIMA

O campeonato brasileiro ainda não terminou, pois esta faltando três rodada, mas o seu campeão já foi conhecido na noite dessa quinta feira e é o Sport Club Corinthians Paulista. Numa campanha irretocável, o clube paulista venceu o seu sexto título e confirma a evolução do clube que começou em 2008 após o seu rebaixamento.

Poderia passar aqui os números do time nessa campanha que são contundentes e só confirmariam que o Corinthians é sem divida o melhor do campeonato. Mas queria mesmo é ressalvar uma frase que diz: “Corintiano não vira, ele nasce Corintiano”.

Falar do Corinthians, é  falar do meu pai o Sr. José Aparecido Santos. É falar da paixão dele pelo clube. É falar das loucuras que ele fez para acompanhar o time e é falar do sofrimento que passou quando o clube tinha o tabu de 11 anos sem vencer o Santos. Viveu as gozações, pois o time já estava a 23 anos sem conquistar um título paulista e sem dizer que o primeiro título brasileiro do Corinthians, venho após 90 anos de espera.

Meu pai esta vivo, vivíssimo e comemorando pelo menos um titulo por ano. Isso é ser corintiano nos dias de hoje.

fadebate_poster

Essa paixão passou de pai para filho, com certeza. Na realidade quando nasci, em 1974, o sangue já era alvinegro. Mesmo sem nunca ter visto o clube jogar, mas meu pai tinha convicção que ali estava nascendo o seu herdeiro genético e seu herdeiro corintiano.

Claro que a história nunca é feita só de alegria. Para ser uma história feliz e duradoura, ela tem que passar por momentos de lágrimas e tristeza. A minha paixão ficou ainda mais forte, após passar por duas derrotas seguidas pelo Palmeiras em 1998 e 1999, nós jogos de mata mata da libertadores, isso sim foi um momento de provação. Nem a queda para a serie B que foi dura, não abalou tanto, como essas derrotas.

Isso é ser corintiano.

Agora depois de 2007, nem o mais otimista corintiano imaginava que tudo poderia mudar e mudar para melhor. Foi uma chuva de títulos, inéditos e conquistas que ficaram gravadas na história, e com meu pai vendo e comemorando todos eles.

Titulos:

Campeão Brasileiro da série B – 2008

Copa do Brasil – 2009

Campeonato Brasileiro – 2011 e 2015

Libertadores – 2012

Mundial Interclubes – 2012

Recopa Sul-americana – 2013

O que deve ser ressaltado nesse período, é que o Corinthians teve apenas três técnicos: Mano Menezes (duas vezes), Adilson Batista e Tite (duas vezes). Algo inédito para os padrões do futebol brasileiro, que não tem a característica de manter treinadores por muito tempo a frente da equipe.

fadebate_hexa

Quando o arbitro apitou o fim do jogo de ontem contra o Vasco, a torcida gritou com força HEXA CAMPEÃO. Em minha mente só vinha a imagem do meu pai, quando comemoramos juntos o primeiro titulo brasileiro de 1990. Uma explosão de alegria.

Isso é ser corintiano.

O HEXA vai ficar gravado, não só por mais uma conquista, mas sim por aquilo que trás a conquista que nós deixa emocionado e que vamos levar para o resto da vida.

No meu caso, foi ver a Valentina, minha filha de apenas 02 anos gritar é campeão e correndo pela casa com seu cachecol.

Corinthians não é só um clube de futebol, é uma paixão, que nós proporciona momentos únicos como esse. Eu demorei 6 anos para ver o Corinthians levantar um título depois que nasci e ela já na barriga ouviu os gritos da Libertadores e do Mundial e ontem viu ao vivo e a cores o seu primeiro título.

fadebate_valentina

Só o futebol, só o esporte pode proporciona momentos como esse, os mesmos momento que foram proporcionados no passado, presente e futuro a mim juntamente com meu pai.

Agora é comemorar e levantar a taça. HEXA CAMPEÃO

Futebol Alegria e Debate, o seu portal do esporte.

Um grande e forte abraço,

andre_soares_portal